Está devendo muito para instituições financeiras? Sua dívida é impagável? Não se desespere, saiba o que fazer!

Em uma situação de dificuldade financeira, ou até mesmo na tentativa de investir em algo ou na própria vida, uma pessoa pode realizar empréstimo bancário sem pensar; usar o limites do cheque especial ou até mesmo gastar demasiadamente no cartão de crédito. A maioria dessas pessoas fazem isso sem planejamento e acreditam que de fato conseguirão pagar.

O que geralmente acontece , a maioria dos meus clientes me narram isso, é que em um momento futuro essa pessoa percebe que não terá condições para arcar com todos os encargos, juros sobre juros, enormemente cobrados. Obviamente que com o não pagamento, terá o seu nome negativado ou protestado.

Com o passar do tempo, após o não pagamento, essa dívida vai crescendo cada vez mais e mais, pois as taxas e juros cobradas pelas instituições financeiras são enormes e impagáveis, ao menos para a grande maioria dos devedores.

Com o não pagamento , o devedor, além de ter o nome “sujo”, corre o risco de sofrer demanda judicial, e além de perder todos os seus bens, pode ter sua conta bancária bloqueada.

Geralmente depois de 180 dias devendo para a instituição financeira, o crédito é negociado apenas com empresas de cobrança ou escritórios de advocacia.

Nesse momento, a maioria dos clientes que vem ao nosso escritório estão desesperados, recebendo cobranças quase que diárias por telefone, cartas e mensagens de texto no celular. Todas essas cobranças são ameaçadoras, constrangedoras e intimidadoras.

NÃO SE DESESPERE, HÁ UMA EXCELENTE SOLUÇÃO!

Contrate um advogado para lhe assessorar! Existe a possibilidade de negociar a dívida mesmo sem existir processo, o que é mais recomendável. Todavia, se já existir processo de cobrança, a necessidade de negociação é emergencial, pois a qualquer momento poderá haver bloqueio de suas contas ou penhora de bens.

Vamos explicar as duas situações, no caso de existir processo e no caso de não existir processo.

1) Não existindo processo, você provavelmente está recebendo cartas, mensagens ou ligações de cobrança. Após ter contratado o advogado, passe essa informação para ele e forneça os números informados para contato. Há uma grande possibilidade de êxito em você receber um bom desconto do valor original da dívida, e não precisar pagar a quantia devedora em sua totalidade.

Já conseguimos até 90% (Noventa por cento) de desconto do valor total da dívida. Seu advogado deve evitar o máximo o processo e tentar por todas as maneiras uma negociação para que não haja o risco de bloqueio de bens e valores. É um processo lento e não pode-se exigir pressa na conclusão de um acordo. Quanto maior a pressa em “limpar seu nome“, o banco saberá e criará dificuldade, forçando um acordo desfavorável. Nesse caso, sobre o valor total a ser pago, conseguirá um valor mínimo de desconto.

Durante a negociação, que dura dias, meses ou até anos, a instituição financeira pode lhe surpreender e ajuizar ação para que você se sinta pressionado, essa é a dica que o acordo está preste a ser fechado, é uma tentativa te intimidação para que você aumente a sua oferta de pagamento. Se seu advogado não for especialista nesse tipo de ação, corre o risco de querer fechar logo o acordo e acabar não lhe beneficiando.

2) Se já existir o processo, você provavelmente depois de ter recebido todas as cartas e ligações de cobrança e não ter procurado a instituição para acordo, ou até mesmo procurou mas não levou adiante, pode ter sido processado, e com isso receberá uma citação judicial. Nesse caso o tempo é mais curto, mas se seu advogado atuar nessa área, saberá procrastinar o processo por pelo menos um ano sem haver bloqueio dos seus bens. Com isso você ganhará tempo para começar ou retomar uma negociação.

Depois de certo tempo de inadimplência e sem conseguir êxito ou na negociação ou no processo , a instituição financeira dá essa quantia como perdida, aí é que você tem uma excelente oportunidade nas mãos, e se soube esperar até essa fase conseguirá um excelente desconto, e pagará uma quantia irrisória perto do valor total.

Por exemplo, nosso escritório, em uma dívida de um dos nossos clientes de R$130.000,00 (cento e trinta mil reais) conseguiu fazer com que ele pagasse apenas R$7.000,00 (sete mil reais) , e conseguiu “limpar” novamente o seu nome, coisa que acreditava que nunca mais conseguiria.

Outra cliente nossa tinha uma dívida de R$57.000,00 (cinquenta e sete mil reais), e conseguimos com que ela passe apenas R$3.000,00 (Três mil reais).

Para uma empresa que devia R$700.000,00 (Setecentos mil reais) , conseguimos um desconto para que ela pagasse R$295.000,00 (Duzentos e noventa e cinco mil reais).

Quanto mais tempo de inadimplência e mais experiente for o advogado, maior a chance de fazer um excelente acordo.

Se você tem pressa em regularizar a sua vida e não pode esperar todo esse tempo para conseguir um desconto nesses moldes, não há problema, a instituição financeira também te dará um desconto, só que menor, e parcelará a dívida em valores dentro do seu orçamento.

Se você não tomou nenhum dessas cautelas, foi processado e teve valores ou bens bloqueados, ainda há solução. O que pouca gente sabe é que não são todos os valores ou bens que podem ser bloqueados, por exemplo , não são penhoráveis:

“os vencimentos, subsídios, soldos, salários, remunerações, proventos de aposentadoria, pensões, pecúlios e montepios; as quantias recebidas por liberalidade de terceiro e destinadas ao sustento do devedor e sua família, os ganhos de trabalhador autônomo e os honorários de profissional liberal”

Se você teve qualquer uma dessas opções acima penhoradas ou bloqueadas, mesmo que seja em espécie, é quase certo que conseguimos desbloquear, e reaver a quantia que foi retirada de sua conta bancaria. Como mencionei, muitas pessoas não sabem e perdem quantia que são proibidas por lei.

É isso, procurem sempre um advogado especialista, não pode ser qualquer advogado, senão você corre o risco de não fazer a melhor negociação.

Nos colocamos a disposição para esclarecimento das dúvidas.

Thiago de Freitas Lins , advogado do escritório Freitas Lins advogados.

  • Share/Bookmark
Você pode comentar ou deixar um trackback desde o seu site.


Deixe o seu Comentário

Powered by WordPress | Read Everything About Palm Pre at PalmPreBlog.com | Thanks to iFreeCellPhones.com Sprint Phones, Jumbo CD Rates and Fat burning furnace review